sábado, 28 de fevereiro de 2009



Vejo primeiro os teus olhos. Embora sozinho reflete multidões de paixões. O olho que brilha ao sol, vela o olho à sombra. Em todas as fases, a lua esconderá à sombra ao cosmo. Devotados em tua beleza o que esconde o véu? Há tanta coisa para ser contemplada e apreciada que teu véu de expressões sucumbe nossas paixões. Sem saber se é deusa ou santa. Interrompa, desvia o olhar dos sentimentos dos homens; rasga em teu seio a minha luxúria e me acolhe na pureza divina. Morre o homem, morrem as paixões e o perfume das flores que nascem do jardim divino à harmonia valiosa de quem volta à luz.
Marcos Damascena
Óleo sobre tela 1,20x0,90

6 comentários:

  1. Caro Marcos, eu admiro muito o seu trabalho como um todo, porem nesta tela vc conseguiu imprimir um sentimentalismo que muitas fotos não conseguem.Parabens e estou muito feliz por ter uma tela sua em minha casa.CONTINUE...

    ResponderExcluir
  2. Quem te vê apenas por uma foto diz q vc parece ostil, mas só quem te conhece e fala com vc, conhece essa pessoa maravilhosa e de sentimentos puros, que através de algumas palavras mostra a simplicidade da alma e a riqueza das lembranças marcadas!!!!!!!!!!!!!!!!
    Parabéns, e que a sua vida seja iluminada com a mais bela das luzes!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  3. Marcos
    Estou impressionado com sua sensibilidade, são poucos que conseguem transportar tanto realismo de cores e expressão para uma tela como você,
    Parabéns.
    Penna

    ResponderExcluir
  4. Obrigado a todos, esse é o principal motivo de pintar.e de ser artista o reconhecimento.

    ResponderExcluir
  5. admiro profundamente sua tecnica , atualmente vc leciona? poderia me mandar informaçoes pelo meu email? katklie2@gmail.com obrigada

    ResponderExcluir